Buscar
  • Luiz Felipe Conrado de Lima

Afinal, escritórios com espaços abertos, estilo 'planta livre', são realmente mais colaborativos?


Por muito tempo fabricamos espaços corporativos abertos baseando-se na teoria que aumentaríamos a interação social e a cooperação entre os colaboradores, mas um estudo realizado por Ethan Bernstein e Stephen Turban, acabaram por constatar exatamente o contrário.





Para realizar o estudo, os colaboradores tiveram que vestir um dispositivo equipado por um microfone, um sensor infravermelho, um acelerômetro e um bluetooth. Através dos sons captados, assim como as vibrações e movimentações, que são como indicadores de interação, ele pôde identificar que em escritórios de planta livre, ocorrem muito menos interações entre os colaboradores. Eles também registraram que as interações online, como e-mail, messenger, entre os colaboradores, ocorriam muito mais também nos ambientes abertos o que poderia ser um outro indicador que a planta livre não contribuía para a interação física.




Porém, o próprio Ethan Bernstein falou em uma entrevista realizada pela Harvard Business School que...

"Se a questão for como reduzir custos, a a resposta será mais pessoas por metro quadrado, e escritórios abertos sempre serão mais vantajosos em essa dimensão." Veja mais em...


THE UNINTENDED EFFECTS OF OPEN OFFICE SPACE https://www.hbs.edu/news/articles/Pages/bernstein-open-offices.aspx THE IMPACT OF THE 'OPEN' WORKSPACE ON HUMAN COLLABORATION

https://royalsocietypublishing.org/doi/10.1098/rstb.2017.0239


79 visualizações

Contato: +55 71 99184 4020

©2019 por AMAISU Arquitetura. Todos os direitos reservados.

  • @amaisuarq
  • @amaisuarq